A influenciadora aparece no novo videoclipe da cantora MC Carol, que traz uma reflexão sobre padrões estéticos

Cerimonialista, palestrante, autodefensora, modelo, YouTuber e influenciadora digital, essa é a Samanta Quadrado, 33 anos, reconhecida como uma representante da causa da síndrome de Down nas redes sociais, que agora ganha espaço também no ambiente da música.  

A influenciadora participou do clipe oficial da música “Levanta Mina“, lançada pela cantora MC Carol, na segunda quinzena de janeiro, em parceria com o DJ Thai e participação especial da Elis MC. A música traz em sua letra a mensagem de amor próprio, enaltecendo a mulher negra e gorda. O videoclipe oficial explora a quebra de padrões estéticos, e apresenta mulheres com corpos, tons de pele e características diferentes, refletindo a diversidade e a beleza de cada uma.

Foto: Reprodução Facebook/ MC Carol

O convite para participar do clipe foi feito pela equipe de produção de seu canal  “O quarto de Samanta”, a influenciadora estava em São Paulo com a família para cumprir os quinze dias de isolamento, já que foi diagnosticada com Covid-19. “Foi a produção do meu canal que me chamou, mas eu estava doente de Covid-19 –  sou do grupo de risco- ,  eu estava isolada em São Paulo quando começou a segunda onda”, explicou ela. 

Ela aceitou e as gravações começaram no final de 2020, tudo ocorreu muito rápido, o clipe foi lançado no dia 15 de janeiro de 2021, foi produzido pela Ubuntu Produções, com coprodução da One Stop. Samanta conta que gostou de ter participado do clipe, pois  a cantora foi muito simpática com ela e que já conhecia uma música da MC Carol, da época de Furacão 2000, quando a cantora ficou conhecida pelos seus primeiros hits, entre 2015 e 2016.

Ao ser questionada sobre a importância da participação num clipe como esse, que passa uma mensagem sobre amor próprio, Samanta comentou sobre o que já passou:

“Eu já sofri caso de discriminação e preconceito por eu ter síndrome de Down, pela internet,  porque eu tenho uma deficiência intelectual, porque eu tenho membro na família (sic). Sim, tem muitas que querem fazer igual eu, que querem passar por cima de mim, quem perde e ganha (sic). Eu não deixo ninguém pegar o meu espaço, já aconteceu isso comigo. Uma vez, de uma campanha (sic) que pisou na bola comigo, pois eu estava fora de São Paulo, eu tava (sic) no Rio de Janeiro. Na época eu fiz uma campanha, em 2016, pela Avon ‘Dona Dessa Beleza’, eu consegui participar dessa campanha.

Foto: Reprodução Youtube / Clipe Levanta Mina

Então, na época foi muito delicado pra mim, de eu ter me mudado de estado (sic), eu era de São Paulo e me mudei em 2018, pois eu estava na época do carnaval. Eu acabei ficando, e já tava (sic) namorando o meu noivo Breno há 8 anos. Vamos fazer 9 anos de namoro. Neste ano, vai fazer 3 anos que me mudei pra cá, pro Rio de Janeiro. Eu comecei agora a fazer parte do grupo do Projeto Independente, do Instituto JNG, que eu e o meu noivo vamos morar sozinhos, vamos ter uma vida de casal. Eu já tinha feito parte de um grupo de pessoas com deficiência intelectual, o Grupo Sorrindo RJ”, recordou. 

Samanta finalizou contando sobre a repercussão após a participação no clipe: “Eu fui muito elogiada, eu tenho capacidade de participar. Quero ser mais chamada, é só entrar em contato com a minha produção contato@viniciusbertoli.com”, reforçou.