Na última quinta-feira (14), o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, sancionou a Lei nº 17.546/21, que institui o Sistema de Diagnóstico Precoce de Deficiência em recém-nascido. Com a nova lei, os hospitais e outros estabelecimentos da saúde da Cidade de São Paulo deverão, após reconhecimento do recém-nascido, realizar exames visando o diagnóstico precoce de deficiências.

O recém-nascido será encaminhado para tratamento e sua família informada sobre a possibilidade de inserção em programas oferecidos pela rede pública de saúde.