FAÇA A SUA DOAÇÃO

Foto: Divulgação/Cbdi

Equipe tem até a próxima segunda-feira para conseguir o valor de R$ 256 mil reais.

Atual campeã de Futsal Down, a seleção brasileira luta contra o tempo para garantir a sua participação no próximo torneio mundial, que neste ano acontecerá na Turquia. Por falta de apoio financeiro, o grupo corre o risco de ficar de fora da competição. A equipe, que corre atrás do bicampeonato, é mantida pela Confederação Brasileira de Desportos para Deficientes Intelectuais (CBDI), mas não conseguiu apoios ou patrocínios para viabilizar a inscrição no campeonato e demais gastos. O prazo para a inscrição termina na próxima segunda-feira, 31 de janeiro, e o torneio mundial terá seu início em março em Antalya, na Turquia, junto ao Trisome Games- Jogos Olímpicos para atletas com Síndrome de Down.

Mesmo faltando pouco tempo para acabar o prazo de inscrição, a equipe não desistiu e criou uma ‘vaquinha‘ online, com o objetivo arrecadar 256 mil reais, valor que irá cobrir as taxas para participação na competição e os custos da viagem. A equipe brasileira que é referência mundial no futsal Down, até conseguiu um prazo maior junto à organização do evento, que foi encerrado no último mês. Com o novo prazo que se esgota na próxima semana, os esforços são ainda maiores. Nas redes sociais, os próprios atletas têm feito várias mobilizações através de vídeos e marcações, como Rafa Cavalcante, atleta do Corinthians e goleiro titular da seleção brasileira de Futsal Down, que postou um vídeo em sua conta do Instagram.

Até agora, nenhuma empresa fechou realmente um apoio à equipe. Em entrevista concedida à CBDI, o técnico da seleção explicou: “Tentamos vários caminhos, mas infelizmente a cada dia que passa, fica mais difícil levantar o dinheiro para os nossos custos, de aproximadamente R$ 256 mil reais (passagens aéreas, hospedagem e alimentação e taxas do evento), além dos uniformes que a Seleção não tem para levar”. Cleiton disse ainda: “Realmente, agora, só por um milagre, para o Brasil participar. Mas, enquanto há esperança, vamos seguir sonhando e lutando para que nosso seguimento seja, no mínimo, respeitado, e que consigamos representar nosso pais com dignidade e orgulho, mesmo não tendo apoio de nossos governantes”, finalizou.

Abaixo o texto da descrição da ‘Vaquinha’

Atual Campeã Mundial de Futsal Down, a seleção brasileira precisa da sua ajuda para ir em busca do Bi na Turquia neste ano! Mantida pela Confederação Brasileira de Desportos para Deficientes Intelectuais (CBDI), a equipe não conseguiu patrocínios e nem auxílio de outras entidades para viabilizar a inscrição no torneio – que ocorrerá junto com o Trisome Games, os Jogos Olímpicos para atletas com Síndrome de Down. Como última tentativa, criou esta Vakinha!

A equipe tem que confirmar nossa participação até 31/01! O sonho desses atletas especiais de buscar o Bi-campeonato no exterior agora depende exclusivamente da solidariedade do brasileiro. O prazo é curto, mas acreditamos neste milagre! O esporte é um dos principais meios de socialização dessas crianças e muito importante para seus desenvolvimentos. Bóra ajudar?

#DownNoMundial

As doações podem ser feitas no site da própria modalidade (https://www.vakinha.com.br/vaquinha/futsal-down-no-mundial), com valores que variam entre R$ 25 e R$ 20 mil, via cartão de crédito ou boleto bancário.