Primeiro evento no Espaço Rede T21 serviu para  orientar as terapeutas e as equipes que estarão no espaço 

Na tarde desta segunda-feira (10), o espaço Rede T21 recebeu seu primeiro evento, uma palestra organizada para orientar e passar os protocolos a serem seguidos pelas profissionais da AceSsa Equipe terapêutica, em seus atendimentos durante a pandemia, pela equipe da ONG Nosso Olhar e pela fundadora do Instituto Empathiae, quem também estarão no espaço. O enfermeiro, André Ribeiro, que tem especialização em emergência, foi o convidado para ministrar a palestra.

Ele iniciou falando não apenas sobre a Covid-19, mas também sobre o contágio e a prevenção, temas importantes para evitar qualquer risco de transmissão do vírus. Ribeiro mostrou ainda os tipos de máscara usadas e a forma correta de usá-las. No caso da máscara de tecido duplo, a mais usada pelos presentes, ele explicou: ” O ideal no caso da máscara de tecido duplo é que seja trocada a cada duas horas”.

O enfermeiro perguntou ainda sobre a forma correta de tirar a máscara e como devemos higienizá-la. E, depois de ouvir como os presentes faziam, detalhou: “Elas devem ser deixadas de molho em uma solução com sabão, água sanitária e água”. Ele ainda reforçou a importância de não tocar na máscara e sempre tirar pelo elástico. Para guardar a máscara já usada, ele explicou que é preciso carregar um saco plástico.

Andre também demonstrou o passo a passo correto para higienizar as mãos, sempre lavando entre os dedos e na ponta de cada um. Após a higienização ele ressaltou: “Tirou o sabão? Use folhas de papel para fechar a torneira. O enfermeiro respondeu diversas dúvidas, entre elas sobre a área que a respiração atinge e também que chega o espirro. Por isso, o uso da máscara é fundamental para proteção de todos.

As terapeutas, que estão trabalhando paramentadas com macacão, máscara e óculos de acrílico, fizeram perguntas sobre a forma correta de atendimento e trocas de profissionais, no caso das crianças que passam por duas terapias diferentes. O uso do propé – sapatilhas descartáveis de tecido – também foi bastante falado e o enfermeiro propôs uma alternativa para o uso, garantindo a segurança das crianças.

Na palestra, também estavam presentes o Marcelo Pires, Sócio Fundador da Consolidar Diversidade, e as representantes da Creative Display, que doaram para o espaço um totem dispenser de álcool em gel, acessível e com funcionamento automático através de um sensor.